Políticos as eleições, Votar livremente e participar activamente da democracia, Vote for Change, Referendo on-line
left right

Biografia Marisa Matias

> Portugal > Os políticos > Bloco de Esquerda > Marisa Matias
Marisa Matias Marisa Matias
Marisa Matias
Uma socióloga portuguesa e deputada europeia do Bloco de Esquerda. | A Portuguese sociologist and politician, European MEP of the Left Block.
email

DESCRIÇÃO DO CANDIDATO: 

Marisa Matias Biografia

POR:

 

Marisa Isabel dos Santos Matias (Coimbra, 20 de Fevereiro de 1976) é uma socióloga portuguesa com trabalho na área do ambiente e da saúde pública e deputada europeia do Bloco de Esquerda.

 

Biografia

Doutorada em Sociologia pela Universidade de Coimbra com a tese: "A natureza farta de nós? Saúde, ambiente e novas formas de cidadania" (2009); com mestrado em Sociologia, domínio dos estudos sociais da Ciência e da Tecnologia e licenciatura em sociologia pela mesma universidade. Publicou vários artigos científicos, capítulos de livros e outras publicações, nacionais e internacionais, sobre relações entre ambiente e saúde pública, ciência e conhecimentos e democracia e cidadania. Colaborou enquanto formadora/professora em vários cursos de formação e programas de pós-graduação (incluindo programas de mestrado e de doutoramento). Realizou investigação científica nas áreas da saúde ambiental, sociologia da ciência, sociologia da saúde e sociologia política. É investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES) (desde 2004); assistente de investigação do CES (2000-2004); professora de sociologia e outras disciplinas nas escolas ITAP e Profitecla (2000-2001); secretária de redacção da Revista Crítica de Ciências Sociais (1998-2000).

 

  • Bloco de Esquerda

Membro da mesa nacional do Bloco de Esquerda e da sua comissão política; membro da direcção da Pro-Urbe, associação cívica de Coimbra. Foi mandatária nacional do "Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo Sim", no âmbito do referendo nacional pela despenalização do aborto em Portugal. Ativista do movimento contra a co-incineração em Souselas. Encabeçou a lista do Bloco de Esquerda nas eleições à Câmara Municipal de Coimbra (2005).

 

  • Eurodeputado

Em 2009 foi eleita eurodeputada onde integra o grupo político GUE/NGL. No Parlamento Europeu faz parte da comissões da indústria, da investigação e da energia e a comissão do ambiente, da saúde pública e da segurança alimentar. Integra também as delegações para as relações com os Países do Maxereque, com o conselho legislativo da Palestina e com a África do Sul. Logo no início do mandato foi nomeada relatora do Parlamento Europeau para a elaboração e negociação da directiva que previne a entrada de medicamentos falsificados na cadeia legal de distribuição, um negócio que rende mais de 400 mil milhões de euros anuais para as redes de falsificação e que coloca em risco a vida dos pacientes. A directiva proposta e negociada ao longo de quase dois anos com os grupos parlamentares e com os governos viria a ser aprovada em 2011. Foi a segunda vez desde a integração de Portugal na UE que uma deputada portuguesa foi responsável por uma directiva-quadro, lei que será transposta para a ordem jurídica dos 28 estados membros até 2016.

 

Paralelamente, foi também relatora da estratégia europeia de combate ao Alzheimer e a outras demências, que viria a ser igualmente aprovada em 2011. Integrou e co-presidiu ao grupo de trabalho europeu para a Diabetes, tendo sido co-autora da primeira resolução alguma vez aprovada no Parlamento Europeu tendo em vista a definição de linhas políticas estratégicas de combate à epidemia da diabetes (2010). Dedicou-se ainda à elaboração e aprovação de propostas de resolução relativas ao cancro, HIV-Sida e foi membro integrante da comissão de inquérito parlamentar sobre o caso da vacina para a H1N1. Em 2011, foi eleita pelos pares, com mais de 350 votos obtidos em regime de voto secreto, como Deputada do Ano na área da saúde, tendo sido a única deputada do Grupo Parlamentar da Esquerda Unitária a receber este prémio desde a sua criação.

 

Nos anos de 2011 e 2012 foi relatora do Parlamento para a definição do Quadro Comum Estratégico de Financiamento da Investigação e Inovação, relatório que viria a ser aprovado em 2012 e que estabeleceu as bases para o desenho do que deveria ser a proposta do Programa Horizonte 2020, o programa relativo ao financiamento europeu da investigação e inovação no período 2014 a 2020. Para além da proposta do reforço de verbas e de uma melhor redistribuição geográfica dessas verbas, a proposta aprovada consagrou um aumento significativo de apoios ao trabalho científico e à atribuição de bolsas no quadro do financiamento europeu. Mais tarde, viria a integrar a equipa dos seis relatores nomeados pelo Parlamento Europeu para a definição e negociação da proposta relativa ao Horizonte 2020, tendo ficado responsável por um dos regulamentos legislativos relativo à Agenda Estratégica para a Inovação. O pacote legislativo acabaria por ser aprovado no final de 2013, tendo já entrado em vigor em Janeiro de 2014.

 

fonte

 

 

ENG:

 

Marisa Isabel dos Santos Matias (born February 20, 1976 in Coimbra) is a Portuguese sociologist with work in the area of environment and public health, and European MEP of the Left Block.

 

Maris Matias studies Sociology at the University of Coimbra with the thesis: “Is nature sick of us? Health, environment and emerging forms of citizenship.” (2009); MA in Sociology, social studies in Science and Technology and BA in Sociology by the same university. She has published several scientific articles, chapters in books and other publications, national and international, on the relations between environment and public health, science and knowledge, democracy and citizenship. Collaborated as a training/teacher in various training courses and postgraduate programs (including master and phd programs). Conducted scientific research in the areas of environmental health, sociology of science, sociology of health and political sociology. Research member of the Centre for Social Studies of University of Coimbra (since 2004); research assistant of the Centre for Social Studies of University of Coimbra, Portugal (2000–2004); teacher of Sociology and other disciplines in ITAP and Profitecla schools (2000–2001); secretary of newsroom of the Scientific Magazine of Social Sciences (1998–2000).

 

Member of Left Bloc National Board and Executive Board; member of board of Pro-Urbe, a civic association in Coimbra. She was national trustee of the movement "Cidadania e Responsabilidade pelo Sim", during the campaign for decriminalization of abortion in Portugal. Activist in the movement against co-incineration in Souselas (pt) and head of the Left Bloc list in the elections for Coimbra Municipality (2005). In 2009 was elected MEP being part of the political group GUE/NGL. In the European Parliament she is member of the Industry, Research and Energy Committee and Environment, Public Health and Food Safety Committee. Also member of the delegation to the relations with the Mashriq Countries, with the Legislative Council of Palestine and with South Africa.

 

At the beginning of mandate was nominated the Parliament’s rapporteur to write and negotiate the directive preventing the entrance of false medicines into legal distribution. A business that generates more than € 400 billion per year for the counterfeiting networks and puts at risk the life of patients. The proposed directive, and negotiated for almost two years, with the parliamentary groups and the governments, would be approved in 2011. Marisa Matias was the second time since Portugal’s entrance at the EU a Portuguese MEP, which leaded the process of a framework-directive, a law that will be transposed to the judicial system of the each of the 28 member States until 2016.

 

In the years 2011 and 2012 was the Parliament’s rapporteur for the definition of a Common Strategic Framework for Research and Innovation. The report was be approved in 2012 and established the bases for what should be the proposal for the Horizon 2020 Program on the European financing of research and innovation for the period 2014-2020. Besides the proposal to reinforce the funds and of a better geographical distribution of the funds, the approved proposal also included a significant increase of support to the scientific work and to the attribution of scholarships within the European financing framework. Later, would also be part of the team of six rapporteurs, nominated by the European Parliament, to the definition and negotiation of the proposal about the Horizon 2020, being responsible for one of the legislative regulations on the Strategic Agenda for Innovation. The legislative package would end up being approved at the end of 2013, being already active since January 2014.

 

source

2014-07-13

icon Marisa Matias
icon Marisa Matias

Não ElectionsMeter é responsável pelo conteúdo do argumentos. Por favor consulte sempre o usuário ou autor do argumento. Todos os argumentos ou qualquer texto publicado na electionsMeter deve incluir o nome original do autor e as referências à fonte original do texto. Os usuários são obrigados a seguir a lei de direitos autorais. Por favor, leia com atenção as regras do uso do site. Se o texto contém um erro, informações incorrectas, que pretende corrigi-lo, ou mesmo que você gostaria de sarna integralmente o conteúdo do perfil, entre em contato conosco. entre em contato conosco..

 
load menu