Políticos as eleições, Votar livremente e participar activamente da democracia, Vote for Change, Referendo on-line
left right

Biografia Plínio de Arruda Sampaio

> Brasil > Os políticos > Plínio de Arruda Sampaio
Plínio de Arruda Sampaio Plínio de Arruda Sampaio
Plínio de Arruda Sampaio
Um intelectual e ativista político brasileiro. | Brazilian intellectual and political activist. A member of the Socialism and Freedom Party (PSOL).
email

DESCRIÇÃO DO CANDIDATO: 

Plínio de Arruda Sampaio Biografia

POR:

 

Plínio Soares de Arruda Sampaio (São Paulo, 26 de julho de 1930) é um intelectual e ativista político brasileiro. É filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e foi candidato à Presidência da República do Brasil nas eleições de 2010, obtendo a quarta posição, com 886.816 votos (0,87%).

 

Formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo em 1954, militou na Juventude Universitária Católica, da qual foi presidente, e na Ação Popular, organização de esquerda surgida a partir dos movimentos leigos da Ação Católica Brasileira.

 

Foi promotor público, deputado federal constituinte e atualmente preside a Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA), além de dirigir o semanário Correio da Cidadania.

 

Entrada na vida pública

Durante o governo de Carvalho Pinto do estado de São Paulo, Plínio foi indicado para a subchefia da Casa Civil. Em 1959, um ano após a eleição de Carvalho Pinto, Plínio se tornou coordenador do Plano de Ação do Governo, função que ocupou até 1962. Ainda no governo Carvalho Pinto, foi secretário dos Negócios Jurídicos, e entre 1961 e 1962 chegou a trabalhar na prefeitura da cidade de São Paulo como secretário do Interior e Justiça durante a última administração Prestes Maia.

 

 

Em 1962, foi eleito deputado federal pelo Partido Democrata Cristão e tornou-se membro da Comissão de Economia, da Comissão de Política Agrícola e da Comissão de Legislação Social. Principal liderança da ala esquerda do PDC, foi relator do projeto de reforma agrária, que integrava as reformas de base do governo João Goulart. Criou a Comissão Especial de Reforma Agrária e propôs um modelo de reforma que despertou a indignação dos grandes latifundiários do Brasil.

 

Após o golpe de 1964 foi um dos 100 primeiros brasileiros a terem seus direitos políticos cassados por dez anos, pelo Ato Institucional nº 1, nos primeiros dez dias do regime.

 

Resultado das Eleições Presidenciais de 2010

Plínio foi o quarto candidato à presidência mais votado, tendo recebido 886.800 votos (0,87% dos votos válidos). Diante da popularidade do presidenciável, a legenda já se mobiliza para 2012.

 

Atuação nos movimentos sociais

Plínio de Arruda Sampaio é um dos mais respeitados intelectuais de esquerda católica e também um do mais árduos defensores da Teologia da Libertação entre o laicato. É a favor de um aprofundamento da reforma agrária no Brasil, sendo presidente da Associação Brasileira de Reforma Agrária (ABRA). É diretor do Correio da Cidadania, que tem como editora Valéria Nader e é um veículo de comunicação sem fins lucrativos da cidade de São Paulo fundado em 1996.

 

Em 2007, aos 76 anos, participou ativamente da passeata na Avenida Paulista organizada no Dia Internacional da Mulher, pelos direitos da mulher trabalhadora e contra a política externa do então presidente estadunidense George W. Bush.

 

fonte

 

 

ENG:

 

Plínio Soares de Arruda Sampaio (São Paulo, July 26, 1930) is a Brazilian intellectual and political activist, currently affiliated with the Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). He ran as a candidate for the presidency of the Federative Republic of Brazil in 2010.

 

A graduate of University of São Paulo School of Law in the class of 1954, he was president of the Catholic University Youth and was an active member of Popular Action.

 

He has been a prosecutor, deputy in the 1988 Constituent Assembly and currently chairs the Brazilian Association for Land Reform (ABRA), an institution that fights for land reform in Brazil. He also directed the weekly newspaper Correio da Cidadania.

 

Political career

Arruda Sampaio entered public life when Carvalho Pinto was the governor of the state of São Paulo (1959–1963). At this time, he was appointed as the vice director of the Civil State House. In 1959, a year after the election of Carvalho Pinto, Arruda Sampaio became coordinator of the government's action plan, a position he held until 1962. At this point, he created a special committee for land reform and proposed a model of reform that aroused the indignation of the country's powerful landlords. After the 1964 Brazilian coup d'état he was one of the 100 first Brazilians to have their political rights impeached for ten years by the military dictatorship during the first ten days of the new regime.

 

Exile and the Brazilian Democratic Movement

Arruda Sampaio was exiled to Chile, where he lived for six years, working as an employee of FAO. In 1970, he moved to the United States, where he worked at the FAO and at the IDB in Washington, before beginning a master's degree in agricultural economics at Cornell University.

 

The foundation and trajectory at Workers Party (1980-2005)

Disappointed with the attitude of Cardoso, Arruda and Weffort entered the Workes Party (PT) at de foundation, in 1980. Arruda was the author of the by law of the party and one of the creators of its core base. In 1982 he applied to the congressman by São Paulo, when he lost, but later would come to occupy the spot of. Eduardo Suplicy, resigned to run for mayor of São Paulo. In 1986, Arruda Sampaio was elected deputy of the constituent, with 63 899 votes, was the second most voted deputy of the PT (after Luiz Inacio Lula da Silva) and 27th more voted in São Paulo.

 

PSOL and presidency candidature

After leaving the Workers Party, for which he was a founding member and historic leader, Arruda Sampaio joined the PSOL. He did not agree with the political direction of the PT at the time, quitting the party in 2005.

 

In 2006 Arruda Sampaio was PSOL candidate for the governorship of São Paulo. For defend the struggle for socialism, the program differed from the popular-democratic direction of the PSOL majority, represented by Heloísa Helena, the then presidential candidate.

 

During the Second Congress of the PSOL, the state deputy Raul Marcelo launched the pre-candidacy of Arruda Sampaio to the presidency. His purpose is to build a program that serves to counter the effects of economic crisis on workers and the unity of the socialist left against capital.

 

source

February 21, 2011

updated: 2013-01-31

icon Plínio de Arruda Sampaio
icon Plínio de Arruda Sampaio

Não ElectionsMeter é responsável pelo conteúdo do argumentos. Por favor consulte sempre o usuário ou autor do argumento. Todos os argumentos ou qualquer texto publicado na electionsMeter deve incluir o nome original do autor e as referências à fonte original do texto. Os usuários são obrigados a seguir a lei de direitos autorais. Por favor, leia com atenção as regras do uso do site. Se o texto contém um erro, informações incorrectas, que pretende corrigi-lo, ou mesmo que você gostaria de sarna integralmente o conteúdo do perfil, entre em contato conosco. entre em contato conosco..

 
load menu