Políticos as eleições, Votar livremente e participar activamente da democracia, Vote for Change, Referendo on-line
left right close

CDS - Partido Popular

> Portugal > Partidos > CDS - Partido Popular
CDS - Partido Popular está pronto para sua opinião, o apoio eo voto. Votação on-line!
 
foto  CDS-PP

CDS-PP - para

O CDS - Partido Popular (CDS-PP) é um partido político português. | The CDS – People's Party is a Portuguese political party.
 NO! CDS-PP

CDS-PP - contra

Clique, se não se apoiar. Diga por quê. | Click, if you do not support the CDS-PP. Say why.

Online resultados eleitorais para "CDS-PP" no gráfico.

graph
Gráfico on-line : CDS - Partido Popular
Full functionality only if Javascript and Flash is enabled
POR: O CDS - Partido Popular (CDS-PP) é um partido político português inspirado pela democracia cristã e é aberto também a conservadores e liberais clássicos. Fundado em 19 de Julho de 1974 por Diogo Freitas do Amaral, Adelino Amaro da Costa, Basílio Horta, Vítor Sá Machado, Valentim Xavier Pintado, João Morais Leitão e João Porto. O CDS integrou governos, sempre em coligação: com o PS de Mário Soares; com o PSD e o PPM, constituindo a Aliança Democrática; novamente com o PSD após as eleições legislativas de 2002 e actualmente com o PSD depois das eleições legislativas de 2011. O Partido é membro da União ...
para33contra   Eu claramente apoiá-lo. Centro Democrático e Social - Partido Popular Partido é muito bom. Por exemplo, porque ... (se eu queria escrever porque é bom, eu escrevi isso aqui), positive
para1contra   Sou um apoiante de Paulo Portas o meu voto de Imigrante desde à 30 anos neste País o enviei via correio registado boa sorte Paulo Portugal contigo força sempre., manu495
para33contra   Oponho-me fortemente. Centro Democrático e Social - Partido Popular escolha é muito ruim. Por exemplo, porque ... (se eu queria escrever porque é ruim, eu escrevi isso aqui), negative
Preferência actual
para CDS-PP

CDS-PP realça discurso nacional e não partidário do Presidente


O eurodeputado Nuno Melo, do CDS-PP, aplaudiu o conteúdo da mensagem de Ano Novo do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, destacando o teor nacional, e não partidário, do discurso. "Saliento em primeiro lugar ter sido um discurso nacional e não um discurso partidário", afirmou Nuno Melo, salientando quatro pontos principais na mensagem de Cavaco Silva. "A ética social na austeridade, que o CDS tantas vezes tem defendido que é necessária nestes momentos difíceis e que teve já tradução ...


CDS-PP quer crescimento da Zona Franca da Madeira ‎


O presidente do CDS/PP-Madeira afirmou hoje que a luta pela salvaguarda e desenvolvimento da denominada Zona Franca desta Região "está ainda no início" e voltou a defender a criação de uma Agência de Investimento destinada sobretudo às comunidades emigrantes. "A luta pela salvaguarda do Centro Internacional e Negócios da Madeira (CINM) e pelo seu crescimento está ainda no início. Foi dado um passo decisivo com a reabertura das negociações que o Governo PS, irresponsavelmente, interrompera em 2010. Mas agora ...


Autárquicas: CDS-Partido Popular considera data correcta


O porta-voz do CDS-PP, Pedro Mota Soares, considerou hoje "correcta" a data de 11 de Outubro para as eleições autárquicas, e reforçou que as legislativas devem realizar-se em data diferente para permitir a separação das campanhas. "Parece-nos uma data correcta e que permite que se façam as eleições legislativas numa data anterior, separando duas campanhas que não devem ser misturadas", disse Pedro Mota Soares, em declarações aos jornalistas na Assembleia da República. O Governo decidiu hoje a marcar a ...


[TOP 4]

> CDS - Partido Popular > Novidades

Opinião - Lisboa, para quê complicar?
Há vários anos que o CDS-PP vem reclamando uma reorganização administrativa, a nível nacional e local, que racionalize e agilize a máquina do Estado, vocacionando-a para o essencial: o serviço ao cidadão.Foi, por isso, com total disponibilidade que o CDS encarou o desafio de pensar a reforma administrativa da cidade de Lisboa. Não é mais possível continuar com um modelo assente em 53 freguesias. Não só é um modelo ineficiente, despesista e pouco racional como é um modelo que tira pouco partido das vantagens de uma gestão e escolha pública de proximidade.É preciso não esquecer que o modelo administrativo de uma cidade só existe para servir o cidadão que, com os seus impostos, o sustenta. É por isso essencial que o modelo administrativo dê um verdadeiro retorno aos cidadãos.Por isso mesmo, o CDS-PP apresentou um modelo de reforma administrativa da cidade que aposta na drástica, mas necessária, redução do número de freguesias. Bem sabemos que PS e PSD já acor
Blogue em manutenção
Toda a informação encontra-se já disponível no novo site da Concelhia de Lisboa em http://lisboa.cds.pt/Não deixe de visitar.
Plenário Concelhio de Tavira
Plenário Concelhio de Tavira
Lisboa: CDS-PP diz que acordo PS/PSD para freguesias "fica a meio caminho"
A Concelhia de Lisboa do CDS-PP manifestou-se hoje a favor da diminuição de freguesias na capital, mas defendeu que o acordo de reorganização a que chegaram PS e PSD “fica a meio caminho”.Numa comunicado enviado às redações, o presidente da concelhia de Lisboa do CDS-PP, João Gonçalves Pereira, defende que esta era a oportunidade de Lisboa se aproximar dos modelos e organizações administrativas e políticas das principais capitais europeias, com um mapa administrativo de nove freguesias, em vez das 24 definidas no acordo.“Entendemos que a oportunidade desta reforma não pode ser perdida com uma redução pouco ambiciosa, como esta se afigura”, afirma o responsável, acrescentando: “com um modelo de nove freguesias conseguimos dar uma dimensão às freguesias em que o município pode descentralizar muito mais competências do que aquelas que o PS e PSD apresentam na proposta”.Citando o estudo encomendado pela autarquia ao Instituto Superior de Economia e Gestão (



 
discurso partido popular, partido cds-pp, partido popular map, partido popular popularity, partido popular e outros...
load menu