Políticos as eleições, Votar livremente e participar activamente da democracia, Vote for Change, Referendo on-line
left right close

Luís Gastão de Orléans e Bragança

> Brasil > Os políticos > Luís Gastão de Orléans e Bragança
Luís Gastão de Orléans e Bragança está pronto para sua opinião, o apoio eo voto. Votação on-line!
Independente
 
foto Luís de Orléans e Bragança

Luís de Orléans e Bragança - para

O atual chefe da Casa Imperial do Brasil, desde 5 de julho de 1981. | The current head of the Imperial House of Brazil.
 NO! Luís de Orléans e Bragança

Luís de Orléans e Bragança - contra

Clique, se você não apoiar o príncipe Luís Gastão de Orléans e Bragança. Diga por quê. / Click, if you do not support Prince Luís Gastão de Orléans e Bragança. Say why.

Online resultados eleitorais para "Luís de Orléans e Bragança" no gráfico.

graph
Gráfico on-line : Luís Gastão de Orléans e Bragança
Full functionality only if Javascript and Flash is enabled
POR: Dom Luís Gastão Maria José Pio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orléans e Bragança e Wittelsbach (Mandelieu, 6 de junho de 1938), príncipe de Orléans e Bragança de 1938 a 1981, príncipe imperial do Brasil de 1938 a 1981 e atual chefe da Casa Imperial do Brasil, desde 5 de julho de 1981, após a morte do pai – título esse considerado legítimo pela maioria dos monarquistas e das casas dinásticas estrangeiras. Dom Luís seria, portanto, de jure, o imperador do Brasil. Sendo formado em química pela Universidade de Munique. É o primogênito de D. Pedro Henrique de Orléans e Bragança, e neto de D. Luís de Orléans e Bragança, ...
para33contra   Na minha opinião o Príncipe Luís de Orléans e Bragança é a personalidade muito bom. Por exemplo, porque ... (se eu queria escrever porque, eu escrevi isso aqui), positive
para32contra   Eu não concordo. Príncipe Luís de Orléans e Bragança é má escolha. Por exemplo, porque ... (se eu queria escrever porque, eu escrevi isso aqui), negative
Preferência actual
para Luís de Orléans e Bragança

Disputa dinástica


Entre os descendentes do casamento entre D. Isabel e o conde d'Eu, ou seja, os Orléans e Bragança, existem dois ramos dinásticos que disputam o extinto trono imperial brasileiro. Os descendentes do primogênito do casal, D. Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança, são chamados de ramo de Petrópolis, ao passo que os descendentes de seu irmão, segundo filho do casal, D. Luís Maria Filipe de Orléans e Bragança, são chamados de ramo de Vassouras, detentores atuais de jure do título de ...


Príncipe D. Luiz de Orleans e Bragança.


Atual Chefe da Casa Imperial do Brasil, é primogênito e herdeiro dinástico do falecido Príncipe Dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança (1909-1981), admirável figura de brasileiro, chefe de família exemplar e artista de conhecido talento; é neto de Dom Luiz de Orleans e Bragança (1878-1921) - cognominado o Príncipe Perfeito; bisneto da Princesa Isabel, a Redentora, e trineto do Imperador Dom Pedro II. Por sua Mãe, a Princesa D. Maria da Baviera de Orleans e Bragança, Dom Luiz herda as tradições da ...


Luís Gastão de Orléans e Bragança - Saudade do Império


A visita do príncipe Harry, da Inglaterra, anima descendentes de dom Pedro II e entusiastas do regime monárquico em sua cruzada para resgatar a imagem da realeza brasileira Com seus inconfundíveis cabelos ruivos e espetados, o príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II, cumpriu à risca o papel de chamar atenção para uma das mais veneráveis dinastias do planeta. Em sua curta visita ao Rio, o filho de Charles e Diana (que morreu num acidente de carro em Paris em 1997), de 27 anos, passeou de helicóptero, foi a um bar de Ipanema, ...


[TOP 4]

> Luís Gastão de Orléans e Bragança > Novidades


EXCLUSIVO: Bandeira Imperial Brasileira é hasteada permanentemente em Roma, na Itália.No último dia 21 de março, a bandeira Imperial Brasileira foi hasteada em caráter permanente no Instituto Nacional pela Guarda de Honra dos Túmulos Reais da Família de Savóia, na capital italiana. O prestigioso fato se deu por iniciativa do advogado e destacado monarquista Dr. Eduardo Tozzini, que sendo investido como guarda de honra desta instituição, na qualidade de fiel monarquista brasileiro, portava sua bandeira Imperial. Elogiado pelo alto dignatário, o Comandante italiano Dr. Ugo D'Atri, Dr. Tozzini ofereceu o estandarte ao Instituto, sendo entusiasticamente aceito e passando a ser hasteado de forma definitiva na sede de Roma. Na imagem, da esquerda para direita, o Comandante Dr. Ugo D’Atri e Eduardo Tozzini, do BrasilImagem: Blog Monarquia JáO Instituto Nacional pela Guarda de Honra dos Túmulos Reais da Família de Savóia, no Pantheon, em Roma, que recebeu o Dr. Eduar

Ele seria um dos herdeiros caso o Brasil ainda fosse uma monarquiaNesta sexta-feira, 22 de setembro, o The Noite recebe o príncipe imperial Dom Bertrand. Trineto do último imperador brasileiro, Dom Pedro II, e bisneto da Princesa Isabel, ele fala na entrevista sobre sua ascendência, seu livro ‘ Psicose Ambientalista - Os Bastidores do Ecoterrorismo ’ e revela as razões de sua luta pelo retorno da monarquia no Brasil com “ indispensáveis adaptações ao mundo moderno ”. “ Os Brasileiros estão começando a se perguntar se a solução não seria voltar a um regime que deu certo no passado. A internet fala sobre isso. Canadá, Austrália, Nova Zelândia são monarquias ”, diz ele, que mostra a Danilo fotos de família e brinca com o apresentador, dizendo que ele poderia receber um título de barão ou visconde. “ O povo é bom, o país é rico, muita área cultivável. Um quarto do planeta é alimentado pelo Brasil. Temos problema

AOS BRASILEIROS DISPOSTOS A SERVIR A PÁTRIAEM QUALQUER CAMPO E EM QUALQUER MOMENTOMensagem do Chefe da Casa Imperial do Brasil no Dia da IndependênciaHá 195 anos meu tetravô, o Imperador Dom Pedro I — em boa medida inspirado por Dona Leopoldina — proclamou a Independência do Brasil, com o coração cheio de esperanças pelo futuro da nação que nascia desse feito. A proclamação da Independência não se deu como um ato de ruptura com nosso passado, mas procurou seguir a trilha civilizatória que nossos ancestrais vinham imprimindo à Terra de Santa Cruz desde seu nascedouro.Passados quase dois séculos, desde aquele 7 de Setembro, muitos brasileiros sentem-se desanimados com a desmoralização generalizada das instituições republicanas, com o descrédito acentuado de tantos e tantos de nossos homens públicos. E consideram com apreensão o futuro de nosso vilipendiado Brasil, a quem, entretanto, a Providência dotou de riquezas a bem dizer inesgotáveis, de esplendor

Celebrando os 170 anos de nascimento da Princesa Dona Leopoldina, Princesa brasileira e Duquesa de Saxe, bem como os 86 anos de seu bisneto, Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e Bragança, o Blog Monarquia Já pública um artigo de autoria de Gustavo Barroso, sobre a bela e virtuosa segunda filha do Imperador Dom Pedro II: A SEGUNDA FILHA DE D. PEDRO II Por Gustavo BarrossoDona Lepoldina e Dona Isabel em pintura inédita e nunca divulgada. O quadro pertence a coleção privada de membros da Família Imperial do BrasilEm documento de sua autoria, a Princesa D. Isabel a Redentora, - filha mais velha de D. Pedro II, diz o seguinte: "A 2 de dezembro de 1864, chegavam ao Rio o Conde d'Eu e o Duque de Saxe. Meu pai desejava essa viagem, tendo em mira nossos casamentos. Pensava-se no Conde d'Eu para minha irmã e no Duque de Saxe para mim. Deus e nossos corações decidiram diferentemente, e a 15 de outubro de 1864 tinha eu a felicidade de desposar o Conde d'Eu..." Por essa confissão



 
Rafael de Orléans e Bragança e Ligne, Luís_Gastão_de_Orléans_e_Bragança, luis gastao brasile, luizgastaodeorleans, Luís Gastão, luíz gastão, don luis de orleans e bragança dilma rousseff e outros...
load menu